“Pai de Todos” recebe laçadores em sua histórica arena

Laço Individual Técnico abre as competições

A segunda etapa do 29º Congresso Brasileiro de Conformação & Trabalho da Raça Quarto de Milha, promovido pela ABQM, começa hoje, 23/04, e vai até domingo (28), no histórico Rancho Quarto de Milha, em Presidente Prudente (SP). Recinto este que realizou em 1996 o 6º Congresso e que permaneceu como sede do evento até o ano de 2000.

O Laço Individual Técnico abre as competições, às 8 horas, nas seguintes categorias: Aberta Júnior, Aberta Sênior, Aberta Castrado, Cavalo Iniciante, Pro Light, Amador, Amador Light, Amador Master A e Amador Master B.

O Rancho Quarto de Milha é conhecido como “Pai de Todos”, pois foi uma das primeiras arenas cobertas do Brasil e a região se confunde com a história da raça. Nela, se instalou, em 1955, a Swift King Ranch que trouxe ao nosso País, de sua matriz norte-americana, os primeiros seis exemplares Quarto de Milha: “Quando as portas do trem se abriram, eles pareciam Deuses”, disse, na época, seu Zezo, funcionário da empresa, que foi busca-los. Outra de muitas datas a ser lembrada pela modalidade remonta ao mês de julho de 1975, durante o 5º Leilão Oficial da ABQM, o primeiro a ser realizado no Rancho. Durante o evento, foi realizado um curso de Laço, que contou com 30 alunos, tendo como instrutor Bobby Seals, de Justin, Texas (EUA), campeão mundial da modalidade, onde o destaque foi sua laçada com a marca de 8s01, contra 14s07 de seu melhor aluno. Em 1977, novamente voltou ao Brasil para participar da Expo-Londrina (PR) e montou uma equipe de laçadores do Rancho Quarto de Milha.

Nomes lendários e forja de campeões

Ela era formada por: Durval e Jair Medeiros, Geraldo Ribeiro, Jairo Martins, Lucinei Nunes, o Testa, Cacau Miranda, João Aparecido Medeiros, Adão Medeiros, Dimanche Medeiros, Antonio Renato Prata, Rolando Rosas Neto e os mirins Renato Medeiros, Augusto Medeiros Neto, Geraldo Ribeiro Junior, Mônica Ribeiro, Fátima Medeiros, Jairo Júnior e Jaílson Martins. Bobby Seals laçou com a marca de 11s05 e o Jairo Martins de Oliveira com 12s, se tornou o primeiro recordista brasileiro do Laço. Com certeza Bobby Seals foi o grande introdutor da modalidade no Brasil e influenciou toda uma geração de laçadores que fizeram história.

Esse texto também é uma homenagem aos lendários quartistas que marcaram seus nomes no Rancho Quarto de Milha e deixaram inúmeros seguidores, que não cabe aqui mencioná-los para não esquecer de muitos deles que trabalharam para a grandeza do laço na região e em todo Brasil.

 

Por: Moacir Russo

 

 

Notícias

Mais notícias