settings_phone

+55 (11) 3864-0800 | 3879-7150

email

Contate-nos

home search
search

Outros destaques do Congresso que conquistaram as fivelas da prova Armada

Três categorias tiveram mais que um campeão

Além dos 116 inscritos na classe Aberta deste 11º Congresso ABQM de Laço Comprido – Armada (Boi Laçado), que abriram a competição do dia 1º de setembro, debaixo de forte chuva, mais 157 conjuntos computados pelo Departamento de Esportes da ABQM estiveram em busca dos títulos em mais cinco categorias: Amador (19 anos ou mais); Amador Light; Feminino (Amazonas 2 – 13 anos ou mais); Jovem 1 (12 anos ou menos); e Jovem 2 (13 a 18 anos).

Seguindo o regulamento da competição, a classe Amador que teve 67 inscrições, apontou três conjuntos vitoriosos que além de conquistarem as disputadas fivelas ratearam o prêmio de R$ 11 mil. Foram eles: Jeferson Rangel Invernizzi, da cidade de Bento Gonçalves (RS), montando o cavalo de sua propriedade Jay Parwinds (Son Ofa Jay x Three Parwinds AP, por Cowboy's Par PH); Rodolfo Salvagni Baldasso, de Caxias do Sul, com a mestiça 7/8, Mary Doc's da Jin (Doc Kool AS x Eclipse Bob GZ, por Docs Dee Bob), égua pertencente ao seu pai Jurandi Baldasso; e Laurindo Nicolau Faoro Bueno (São Sebastião do Caí), disputando com o alazão Flekos Bee Doc (Freckles Baldy FM x Miss Sis Jay, por Mr Jay Bee Dee), também de sua propriedade.

Pela Amador Light, que apurou 64 inscrições, dois conjuntos ficaram com as fivelas de campeões e, também, dividiram a premiação. O gaúcho da cidade de Palmares do Sul, Paulo Azevedo Osório, levou pelo segundo ano consecutivo o título desta categoria. Neste ano ele deu o galope da vitória montando a alazã Sky Let (Diamond Whiz x Mary Parthree LP, por Guru San KRB), da criação e propriedade de seu pai Edson Baptista Osório. Já o outro competidor foi o catarinense Rafael Olívio Martins, da cidade de Tubarão, conduzindo a baia amarilha de sua propriedade África Whiz (Gizmo Whiz x África Melodys HS, por Melodys Dun IT), detentora de 32,5 pontos na modalidade pela ABQM.

A classe Feminino, que neste 11º Congresso totalizou 20 participantes, apontou um crescimento superior a 10% em relação ao evento de 2017 e teve como vencedora Maria Eduarda Krever de Oliveira, de Triunfo (RS). Ela apresentou Wjgold Zeus, castanho filho de Jac Smarvel Bomfim e Linda Dona (Douradilho Copy Jet), da criação e propriedade do também gaúcho Ricardo Bessa Johnson, da cidade de Bento Gonçalves.

Com apenas dez anos de idade, a fivela de campeã da categoria Jovem 1 foi levada por Alan Antonio da Silva Coutinho, para a cidade de Lajeado (RS). Ele conquistou o título trabalhando com a baia amarilha, mestiça ¾, Lindaca Bom Fim, filha de Golden Prize e Panterita Bom Fim (San Chicolito KRB), de sua propriedade.

Já entre os competidores da categoria Jovem 2, Rafael Lauriano Gomes Neto levou a melhor. Sua montaria foi a égua baia, ½ sangue, Baby Playboy Black, filha de West Playboy MVCF, da criação e propriedade de seu pai Fabiano Gomes. Ambos moradores na cidade gaúcha de Canoas.

 Texto: Abdalla Jorge Abib (direto de Esteio/RS)

Foto: Clóvis Prates

 

 

Notícias


Leilões e Mercado


Mais notícias